Do Marketing à Gestão de Facilities

Conheça a trajetória de Vanessa Zietlow, FM da General Mills, multinacional do ramo de alimentação

Vanessa Zietlow iniciou sua carreira no marketing em uma agência de propaganda, onde fez atendimento direto a uma multinacional de cosméticos. Foi Analista de Diretoria e há quatro anos atua como Facilities em uma das maiores empresas de alimentos do mundo: a General Mills Brasil Alimentos Ltda. 

Participou do Projeto União Perfeita, processo de fusão entre as empresas General Mills e Yoki, desempenhando atividades relacionadas à mudança prédio, integração de funcionários e adequação visual para o novo formato da empresa.

Vanessa é associada à ABRAFAC e também faz parte do GAS (Grupo de Administradores de Serviços), composto por membros de grandes empresas de São Paulo, que se reúnem mensalmente para troca de experiências na área de Facilities.

Conheça mais sobre sua trajetória na conversa que tivemos com ela:

Qual o nome da área onde atua na empresa e para quem se reporta?

Reporto-me diretamente ao Controller Brasil da área de Finanças.  

Quais foram seus maiores desafios quando assumiu a área de Facilities na empresa atual?

Nos meus 13 anos de companhia, passei por diversos desafios e aprendi muito com cada um deles. 

Acredito que um dos mais importantes tenha sido o Projeto União Perfeita – General Mills/Yoki, processo de fusão das duas empresas, no qual desempenhei atividades relacionadas à mudança de um prédio para outro com a integração de todos os funcionários, além de toda adequação visual para o novo formato da empresa.

Outro destaque foi o projeto de mobilização de um novo andar no edifício, realizado em apenas três meses, trazendo economia de 50% no budget que me foi disponibilizado. 

Fale um pouco sobre a implantação de projetos que desenvolveu e que contribuíram para redução de custos ou melhoria na qualidade dos serviços ou que pretende desenvolver no próximo ano.

Em parceria com o RH, estabeleci uma nova política de viagens, com a implantação de uma agência de viagens que nos atende globalmente e parcerias com as companhias aéreas que mais utilizamos. Com isso, tivemos uma redução de quase 30% no budget de viagens. 

Recentemente implantamos um novo procedimento com fornecedores de transporte para a companhia, com foco na grande São Paulo e região do ABC e apesar dessas mudanças serem recentes, centralizamos o fornecedor e passamos a ter um maior controle das viagens a trabalho, além de termos uma expectativa de redução no budget perto dos 30%. 

Neste mês implantarei um fornecedor especializado em gestão de frota. Atualmente contamos com frota própria e os procedimentos são realizados internamente pelo meu time de Facilities. O objetivo com esta implantação é a redução de custos, além trazer uma ferramenta moderna, como um aplicativo para celular, para agendamento de manutenção preventiva ou corretiva dos veículos. 

Como concilia vida profissional e pessoal?

Nós mulheres hoje em dia temos múltiplas funções, mas procuro reservar todos os dias duas horas para praticar exercícios físicos, pensando em minha saúde e bem-estar. Sou ainda adepta de uma alimentação saudável. 

Como você vê o crescimento do mercado de Facilities no Brasil?

Eu acredito que quanto mais dermos visibilidade ao mercado das atividades que um Facilities Manager executa e dos valores anuais que a área de Facilities trabalha em uma companhia, vamos conquistar nosso lugar no mercado, principalmente com a ajuda das Associações, como a ABRAFAC, por exemplo. 

Quais competências você acredita que sejam essenciais para um (a) profissional de Facilities ser requisitado (a) no mercado?

O profissional deve possuir habilidades para analisar financeiramente sua área, ser proativo, saber lidar com imprevistos constantes e ter capacidade de desenvolver soluções inovadoras para facilitar o desempenho das atividades das outras áreas, já que cuidamos de toda infraestrutura da companhia. 

Que mensagem você gostaria de deixar para os jovens que estão ingressando nessa área?

Eu incentivo os jovens a ingressarem na área pela oportunidade de aprendizado em múltiplos assuntos: para ser um Facilities Manager deve-se ter paixão por múltiplas funções, porque no dia a dia da profissão será necessário desenvolver habilidades para limpeza, segurança/portaria, refeição, frota de veículos, seguros em geral, telefonia, manutenção predial, viagens, gestão de serviços de transporte, entre inúmeros outros. 

Veja também:

Como é ser FM em uma startup

Somente quem está feliz trabalha bem e com o verdadeiro brilho nos olhos

Seu sucesso depende da performance da sua equipe