FM: Uma profissional movida por desafios

Márcia Ribeiro, responsável pela gestão do edifício Quadra Hungria, fala sobre as principais qualidades que um Facility Manager deve ter

Com 17 anos de experiência na área de Facilities, Márcia Ribeiro hoje atua na FMG – Facilites Management Group e é responsável pela gestão do edifício Quadra Hungria, um espaço com 20.000 m², no Jardim Europa, em São Paulo.

Ela iniciou sua carreira na Editora Globo, participando de projetos de implantação de infraestrutura para novos negócios da Condé Nast – VOGUE, Editora Meio & Mensagem e a mudança do Jornal Valor Econômico.

Márcia é formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Administração Bancária e possui MBA em Gestão Empresarial, pela FGV. É membro do Grupo Mulheres de Facilities, associada ABRAFAC e voluntária em ações sociais.

Em nossa conversa, ela conta um pouco sobre seus principais desafios, sua visão sobre o mercado de Facilities e dá dicas para quem está iniciando na área. Confira:

Qual o nome da área de empresa onde atua e para quem se reporta?

Atuo na área de Administração e me reporto aos condôminos, Conselho Diretivo e investidores.

Quais foram seus maiores desafios quando assumiu a área de Facilities na empresa atual?

No início, meu maior desafio foi entender as principais demandas e o mercado dos clientes, além da infraestrutura, serviços, contratações, treinamento do time, legalização dos documentos, redução de custos, otimização dos investimentos, planejamento da continuidade da operação e cumprir indicadores rígidos. Entre os desafios também estava garantir eficiência nos serviços prestados, dispor de informações claras para a prestação de contas aos condôminos e negociar com os investidores para a modernização de sistemas de geração de energia, segurança e outros.

Fale um pouco sobre a implantação de projetos que desenvolveu e que contribuíram para redução de custos ou melhoria na qualidade dos serviços, ou que pretende desenvolver neste ano.  

Alguns dos projetos foram a avaliação da qualidade dos serviços, negociação de preço com fornecedores, redimensionamento das equipes, treinamento, integração do time, implantação sistema ERP, desenvolvimento de plano de gestão de crise, continuidade da operação, redução do consumo de água e energia, melhorias dos processos e a gestão integrada dos resíduos com rastreamento por cliente.

Atualmente trabalho nos projetos de retrofit do HVAC do edifício, na iluminação com o objetivo de reduzir os custos operacionais de manutenção, aquisição de peças, energia elétrica, melhoria contínua da operação e manter a marca de 100% de ocupação do edifício.

Como concilia vida profissional e pessoal?

Equilibrar a vida profissional e pessoal exige muita disciplina, organização e administração do tempo. Minha vida é equilibrada e aprendi a manter 100% o foco no trabalho e no desenvolvimento das minhas atribuições, mas sem deixar de buscar a qualidade de vida. 

Como você vê o crescimento do mercado de Facilities no Brasil?

Acredito na expansão e solidificação da área de Facilities. As empresas estão entendendo a importância e o papel do profissional estratégico, voltado a resultados, integrador de processos, capaz de proporcionar a redução de custos e otimização do tempo.

Quais competências que você acredita que sejam essenciais para um (a) profissional de Facilities ser requisitado (a) no mercado?

A competência essencial é a facilidade para o relacionamento interpessoal, pois o profissional de Facilities relaciona-se com vários níveis hierárquicos. Também é importante desenvolver habilidades como: comunicação, organização, planejamento, negociação, flexibilidade, resiliência e autogestão. O profissional de Facilities precisa ser movido por novos desafios, ter foco em resultados e investir em sua formação, pois faz parte do perfil requisitado pelo mercado. 

Que mensagem você gostaria de deixar para os jovens que estão ingressando nessa área?

Busque o conhecimento, seja curioso, pergunte, pesquise, participe de cursos, palestras, converse com profissionais da área, participe de novos projetos, construa sua experiência a partir das tarefas mais simples. Desenvolva o seu trabalho com disciplina, dedicação, energia, amor e você será feliz e bem-sucedido. 

 

Leia também:

GESTÃO FEMININA: LIDERANÇA QUE TRANSFORMA

DO MARKETING À GESTÃO DE FACILITIES

POR DENTRO DA MELICIDADE